Editar Villa-Lobos

Eu escrevo muito rápido e não perco tempo com revisões. Isso eu deixo para os editores.

Yerma_pg1_manuscrito

Editar Villa-Lobos não é tarefa fácil.

Em uma reportagem sobre o compositor divulgada na Globo News no período em que a Presto estava realizando a editoração e revisão da ópera Yerma para o XIV FAO, em meados de 2009, foi transmitida uma gravação da voz de Villa-Lobos falando sobre seu processo de criação.

É pura verdade o que Villa-Lobos disse. Observando seu manuscrito é possível notar que escrevia rápido, e estudando a fundo seus originais nota-se que ele não interrompia o fluxo criativo para verificar detalhes técnicos de escrita.

Dentre inúmeros erros, contradições nas indicações de instrumentação e detalhes faltantes sobre execução de vários trechos, Villa-Lobos escrevia sem parar. Seus erros não têm nada a ver com incompetência, pois é notável que ele sempre soube muito bem o que fazia. Tinha plena consciência que, ao escrever rápido e sem revisar, muitos erros resultariam do processo de escrita. Mas não se preocupava com isso, pois ele contava com a competência dos editores.

Por isso, editar Villa-Lobos não é tarefa fácil. É um trabalho que precisa ser feito com muito critério, pois está longe de ser o que chamam de serviço de cópia. É necessário conhecimento nas áreas de organologia, orquestração, harmonia, contraponto e ter consciência de como soa a partitura. Tocar a redução para piano e ouvir o som gerado pelo software de edição musical é essencial para tal consciência, pois o tratamento que Villa-Lobos dá à harmonia não é convencional.

Pesquisa, comparação e reflexão, além de critérios muito bem definidos, são essenciais para editar uma obra de Villa-Lobos. Sem isso, o resultado de uma editoração seria catastrófico, ainda mais em se tratando de uma ópera: muitas horas seriam perdidas em ensaios e a qualidade da apresentação certamente seria comprometida.

A apresentação da ópera Yerma, sob a batuta de Marcelo de Jesus, foi um sucesso. Esta apresentação de “Yerma brilharia em qualquer teatro internacional”, disse Jorge Coli, crítico da Folha de São Paulo.

A editoração da ópera Yerma foi realizada pela Presto. É fruto de um trabalho em equipe, todos formados em composição e regência e com distintas especializações adicionais: piano, canto, regência, arranjo, composição, diagramação e revisão musical, garantindo a qualidade do trabalho em todos os aspectos.

Obrigado, maestros Luiz Fernando Malheiro e Marcelo de Jesus e Vlaanderen Produções Artísticas, por confiarem na Presto e na competência de nossos profissionais.

Yerma_pg1_editada

Mais sobre:


Contrate a Presto para fazer a sua partitura, transcrição, música ou livro.

2 comentários sobre “Editar Villa-Lobos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s